Catadores de Campina Grande do Projeto Recicla São João 2017 retiram mais de 22 toneladas de materiais recicláveis do Parque do Povo

Publicado por Thaynara Policarpo
Campina Grande, 12 de julho de 2017 · Editar

O grupo de 30 catadores e catadoras de materiais recicláveis ligados as cinco cooperativas e associações participantes do Recicla São João, divulgou um balanço do projeto. O grupo se reuniu no dia 06 de julho para avaliar a edição 2017 do Recicla São João, que é realizado desde 2016 durante os 30 dias da festa denominada “O Maior São João do Mundo”. Em 2017, a festa ocorreu entre os dias 02 de junho a 02 de julho.

O projeto que tem por objetivo incluir socioeconomicamente os/as catadores/as nos festejos, por meio da institucionalização da coleta seletiva durante a festa, é uma iniciativa fruto da parceria entre os empreendimentos de catadores de Campina Grande e a Prefeitura de Campina Grande por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente – Sesuma e conta com o apoio do Centro de Ação Cultural – Centrac e do Ministério Público do Trabalho – MPT.

Os 30 catadores e catadoras cadastrados/as pelo projeto retiraram do Parque do Povo, local onde a festa acontece, quase 23 toneladas de materiais recicláveis, entre latinhas de alumínio, papelão e plástico. O volume é maior do que o coletado em 2017 que foi de quase 17 toneladas. O serviço vai render a cada trabalhador uma renda de R$ 1.842,28, somando o valor individual de R$ 905,28 resultante da venda do material coletado mais o de R$ 937,00, que é o valor da remuneração paga pela Prefeitura de Campina Grande a cada catador ou catadora, por meio de um convênio celebrado com uma das cooperativas de catadores envolvida, a CATAMAIS.

Além da renda gerada pela venda do material e do pagamento feito pela Prefeitura, os catadores do projeto ainda tiveram transporte e alimentação custeados pelo poder público e receberam os equipamentos de proteção individual como botas, luvas, capas de chuva, camisetas, etc., em parte doados pelo Centrac.

A catadora Lucicleide Henrique, da Cooperativa COTRAMARE, participou pela primeira vez do Recicla São João e se diz satisfeita. Segundo ela, apesar de ter sido muito trabalho, ela fez um reconhecimento aos companheiros e avalia que só foi possível ultrapassar a meta do ano anterior devido esse esforço.

A representante da SESUMA e Coordenadora do Projeto, Rafaela Oliveira, ressaltou a satisfação da Prefeitura com os resultados positivos e parabenizou o envolvimento dos/as catadores/as no cumprimento das metas do Recicla São João 2017.

Mary Alves, representante do CENTRAC, avaliou que em 2017 os resultados foram melhores e demonstram que a coleta seletiva realizada pelos catadores/as é eficiente. Além disso, ressaltou que em razão do projeto ter envolvido só catadores/as organizados/as houve muito acúmulo e aprendizado administrativo para os próximos passos da institucionalização da coleta seletiva em Campina Grande, a partir do Contrato que está sendo discutido entre os empreendimentos e a SESUMA.

Os empreendimentos envolvidos no Recicla São João são: Centro de Arte em Vidro (CAVI), Cooperativa de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (CATAMAIS), Associação de Recicláveis Nossa Senhora Aparecida (ARENSA), Cooperativa dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis (COTRAMARE), Cooperativa de Trabalho dos/as Catadores e Catadoras de Campina Grande (Cata Campina).